A Organização Mundial de Empresas

ICC manifesta preocupação com a retirada dos EUA do Acordo de Paris

images/noticias/AcordoParis_400_170.jpg

A Câmara de Comércio Internacional (ICC) – a maior organização mundial de empresas – tem expressado profunda preocupação perante os relatos de que os Estados Unidos da América se desvincularão do Acordo de Paris sobre as alterações climáticas.

O Secretário-geral da ICC, John Danilovich, afirmou:
Os interesses globais das empresas necessitam de uma estrutura estável e prática para gerirem os riscos das alterações climáticas – os quais já representam um prejuízo de mais de US$1 triliões para a economia global. O Acordo de Paris oferece uma estrutura coerente para combater as alterações climáticas, garantindo ao mesmo tempo a certeza de longo prazo necessária para apoiar a inovação e o crescimento empresarial”.

Durante anos tivemos a certeza de que as empresas poderiam ganhar da transição para uma economia de baixo carbono. Os fatores económicos deste acordo são claros: encoraja soluções baseadas nos mercados para alcançar reduções de emissões a baixo custo, abrindo os mercados de todo o mundo a tecnologias novas e inovadoras. A economia dos Estados Unidos está bem posicionada para crescer e criar novos empregos neste enquadramento flexível e de longo prazo.

O que é importante no Acordo de Paris é que cada país seja responsável por cumprir a sua parte. Pedimos por isso aos EUA que mostrem confiança e coragem para fazer parte do caminho para um futuro seguro, sustentável e lucrativo para todos”.

Saiba mais sobre o Acordo de Paris.

Consulte o Press-Release.

Os nossos Membros