A Organização Mundial de Empresas

ICC revela aumento de casos arbitrais em 2016

images/noticias/CasosArbitragem2016_400_170.png

A Corte de Arbitragem da Câmara de Comércio Internacional (ICC) revela que houve um claro aumento de casos de arbitragem em 2016.

De acordo com as estatísticas, foram arquivados, em 2016, 966 novos casos administrados pela Corte, envolvendo 3.099 partes, de 137 países. Estes valores fazem de 2016 o ano com maior número de casos de arbitragem ICC, no seu 94º ano de história. Estes números refletem não só o crescimento contínuo desta instituição arbitral líder, como também os seus esforços para tornar os seus serviços de resolução de litígios mais acessíveis em todo o mundo.

  • 966 novos casos administrados pela Corte em 2016 – envolvendo 3.099 partes de 137 países
  • Partes da América Latina aumentam em 15%
  • Números inéditos de partes da Coreia, Nigéria e Turquia
  • Partes do Sul e Leste Asiático aumentaram em 22%

Alexis Mourre, Presidente da Corte ICC, afirmou: “Estes resultados evidenciam os esforços para adaptar os nossos serviços às necessidades dos utilizadores da arbitragem em todo o mundo. Daremos continuidade a estes esforços em 2017 de forma a mantermos a nossa presença global.

Crescimento na América Latina

As estatísticas de 2016 revelam um aumento de 15% no número de partes da América Latina, destacando o Brasil, que se encontra neste momento em 3º lugar no ranking mundial – com 123 partes brasileiras.

Com 105 partes, o México esteve presente pela primeira vez entre os 5 países com mais partes presentes em Arbitragens ICC, enquanto o Peru, com 28 partes, também subiu de posição no ranking.

Números históricos na Ásia e África

Beneficiando de uma maior presença da ICC desde o início de 2016, o Sul e Leste Asiático viram um aumento de 22% no número de partes representadas, com 82 partes da Coreia.

Entretanto, a Arbitragem ICC continua a construir o seu espaço no Norte de África e na África Subsaariana, com um aumento de cerca de 50% no número de partes participantes, em cada uma das regiões. Apesar do aumento da concorrência no mercado, a Nigéria e a Turquia alcançaram valores inéditos, contabilizando 30 e 76 partes respetivamente.

As estatísticas de Arbitragem ICC revelam que 2017 será um ano bastante ativo, com 1.592 casos pendentes – mais 61 casos em comparação com o mesmo período do ano passado.

De forma a aprofundar o conhecimento e utilização da arbitragem ICC, a ICC vai lançar um relatório com as estatísticas dos últimos anos até ao final de abril.

Saiba mais sobre a Arbitragem ICC.

Conheça a Comissão de Arbitragem & ADR.

Consulte o Press-Release.

Os nossos Membros