A Organização Mundial de Empresas

Ambiente & Energia

 

AmbienteeEnergia1

 

Global em todos os sentidos, a Comissão de Ambiente e Energia da ICC – International Chamber of Commerce - analisa os assuntos de políticas ambientais e energéticas de interesse para as empresas do mundo inteiro e trabalha junto da Organização das Nações Unidas (ONU) para facilitar a participação e envolvimento do mundo empresarial.

Mais especificamente, defende uma conduta empresarial sustentável, inclusiva e responsável, de acordo com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU (ODS) e os objetivos do Acordo de Paris, contribuindo para a formulação de políticas internacionais e para o debate internacional sobre as matérias de sustentabilidade e ação climática.

Participa também no desenvolvimento de políticas coerentes e soluções eficazes para empresas no sentido de facilitar o cumprimento das metas de emissões zero até 2050.

Estatuto de Observador da ICC na Assembleia Geral da ONU, juntamente com a função de Focal Point to the United Nations Framework Convention on Climate Change (UNFCCC), fazem desta Comissão uma entidade de confiança junto de entidades públicas e privadas, sendo regularmente convidada a fornecer contributos empresariais ao mais alto nível, em negociações internacionais.

Os seus mais recentes desenvolvimentos nesta área contam com o lançamento da plataforma sustentável - SME Climate Hub - uma plataforma pioneira que visa agilizar o caminho para que as pequenas e médias empresas (PME) se tornem empresas resilientes às questões climáticas. Uma iniciativa que está a ganhar o apoio de empresas como a Nestle, IKEA, Ericsson, Unilever, Telia, BT entre outras.

Outras das ferramentas, a ICC SME360X – que permite às PME’s medir e monitorizar as suas emissões de carbono – foi resultado de uma parceria com a GIST, e tem por objetivo ajudar as empresas a avaliar as métricas de sustentabilidade, nomeadamente, as emissões de gases de estufa, consumo de água, poluição do ar e da terra e a produção de resíduos. Esta ferramenta digital para além de criar automaticamente relatórios de análise ambiental, permite aos investidores e empresas medir os impactos e classificar os riscos para os seus clientes e para as cadeias de fornecimento.

A Comissão de ambiente e energia em Portugal conta com a participação activa de 20 membros, representantes de empresas, consultoras e sociedades de advogados como a Navigator, a PwC, a EY, a PLMJ, a Telles, a PRA, a Abreu Advogados, a Gómez-Acebo & Pombo, a Sérvulo, a Cuatrecasas, a Garrigues, o Novo Banco, o Millennium e a Tabaqueira. Conta ainda com a participação de representantes da CIP, da AIDA e da Universidade NOVA.

Esta Comissão pretende ser mais um contributo para a voz do setor empresarial junto de entidades publicas, colaborando na definição dos quadros regulatórios necessários e garantindo que as preocupações das empresas são consideradas, ajudando simultaneamente a sensibilizar as empresas para a importância do tema e para a necessidade de adaptar práticas de negócio, tendo em vista o impacto das medidas legais.

 

Para saber mais sobre esta Comissão, clique aqui.

Veja o que fizemos aqui!

 

Objetivos

Desenvolver recomendações e ferramentas para abordar os mais relevantes e globais temas energéticos e ambientais, incluindo a alteração climática, economia verde, desenvolvimento sustentável e contribuir para as discussões intergovernamentais chave nesta área.

 

Se tem interesse especial no desenvolvimento sustentável do seu negócio ou se deseja expandir a sua influência nas políticas ambientais não deixe de nos contactar (geral@icc-portugal.com), para integrar a nossa Comissão de Ambiente e Energia.

 

Os nossos Membros