A Organização Mundial de Empresas

A Câmara de Comércio Internacional celebra 100 anos consigo!

images/logo-icc-100.png

Em 2019, a Câmara de Comércio Internacional completa o seu primeiro centenário, estando a preparar um ano de iniciativas em diversas áreas que irão impulsionar os próximos 100 anos da que é a maior organização de empresas do mundo!


Com as lições do passado para formar a base da estratégia para o futuro, a ICC é exemplo de integridade e solidez no contributo que tem dado à facilitação das transações comerciais a nível internacional.
Na sua mensagem de celebração dos 100 anos, recorda a experiência do passado e estabelece as linhas para um contributo ainda maior no próximo século.

 
1. A ICC tem estado na linha da frente na promoção da paz e da prosperidade a nível global desde a sua fundação

Fundada no rescaldo da I Guerra Mundial, a ICC surgiu da necessidade de criar um primeiro sistema mundial que regulasse o comércio, o investimento, as finanças e as relações comerciais. Os seus fundadores agiam na convicção de que um fortalecimento das relações comerciais entre nações reduziria o risco de uma nova guerra ou conflito armado – eram assim conhecidos como “mercadores da paz”.
Ainda hoje, a Corte Internacional de Arbitragem da ICC, criada em 1923, mantem-se como a instituição arbitral preferida por empresas de todo o mundo. Logo em 1927, a ICC conseguiu reunir peritos do setor privado e governos nacionais para desenvolver um pacto global para a redução das barreiras alfandegárias, que foi depois adotado como “General Agreement on Tariffs and Trade”, precursor da Organização Mundial do Comércio. Em 1950, preparou a primeira versão da Convenção de Nova Iorque, o documento da ONU que fundou a arbitragem internacional. Tem tido ainda uma presença determinante nas questões ambientais, como seja o seu apoio no COP21 do qual saiu o Acordo de Paris – o primeiro acordo geral sobre o clima.

20th icc congress february 1965 new delhi india 15529789179 o 

 

2. A ICC assegura que continua apta para a sua missão para os próximos 100 anos

A constituição da ICC consagra que a sua missão é, nas suas palavras “to further the development of an open world economy with the firm conviction that international commercial exchanges are conducive to both greater global prosperity and peace among nations”.
Bebendo desta mesma fonte, o novo mote da ICC “make business work for everyone, every day, everywhere” está assim perfeitamente alinhado com a sua missão, neste novo contexto global do século XXI de novos desafios e oportunidades para o comércio. Neste sentido, a ICC vai apostar na primazia da digitalização na sua própria cultura e rede de contactos, explorando novas oportunidades de negócios sustentáveis e inclusivos nas comunidades de todo o mundo, sob a visão de que deve “enable business worldwide to secure peace, prosperity and opportunity for all”.

 

3. A ICC é a maior e mais representativa organização mundial de empresas

Estando presente em mais de 100 países, a ICC representa 45 milhões de empresas e mais de mil milhões de trabalhadores em todo o mundo – i.e., um em cada três trabalhadores depende de um membro da ICC para a sua subsistência.

A ICC representa também o mundo desenvolvido e em vias de desenvolvimento, reunindo em si uma perspetiva única e diversa, essencial nos debates sobre temas de interesse internacional. Assim, a ICC é hoje a única organização privada a ter o Estatuto de Observadora Permanente nas Nações Unidas.

20th icc congress february 1965 new delhi india 15717211552 o 

4. A rede de contactos da ICC permite-lhe atuar localmente

A ICC tem uma rede de mais de 90 comités nacionais: os primeiros foram criados em 1920 na Bélgica, Dinamarca, França, Itália, Reino Unido e Estados Unidos da América. A delegação nacional da Arménia conta-se entre as mais recentes, criada em 2017. Também a expansão dos seus escritórios de gestão de processos reflete a crescente importância da ICC, estando agora representada em Nova Iorque (2014), Hong Kong (2008), Singapura (2016) e São Paulo (2017).
De salientar ainda que a Câmara de Comércio Internacional é a primeira instituição não asiática de resolução de litígios a estabelecer-se na China. Estes escritórios de gestão dos processos são essenciais para os clientes dos serviços de arbitragem da ICC, contruindo para a manutenção da sua posição enquanto líder no mercado de resolução alternativa de litígios.

 

5. A ICC continue a adaptar-se aos desafios globais e disrupções, focando-se na defesa de políticas, parâmetros e soluções que coletivamente facilitem o comércio a nível global

Desde o trade finance, à arbitragem internacional, passando pelas alterações climáticas e a governação da Internet, a ICC continua a trabalhar para reunir profissionais das diversas áreas nos debates globais e nos processos de tomadas de decisão ao nível internacional.
A decisão das Nações Unidas de conceder o Estatuto de Observador Permanente à ICC em 2017 reflete o crescimento do reconhecimento pelos Governos e organizações intergovernamentais do papel que o setor privado desempenha no desenvolvimento de soluções para as questões atuais e emergentes a nível global.
Também o alcance dos serviços pioneiros da ICC na arbitragem e resolução de litígios são hoje um padrão de excelência internacionalmente. A Aliança Global para a Facilitação do Comércio, liderada também pela ICC, está a redefinir o modo como as reformas da facilitação do comércio são implementadas, trabalhando para tal com governos e empresas no terreno para identificar as barreiras comerciais.
O ICC Academy, sediado em Singapura, oferece cursos online dinâmicos e programas especializados em trade finance e transações transfronteiriças, criados por especialistas nestes setores para atender às necessidades educativas dos bancos, empresas e outras organizações na linha da frente do comércio internacional.

___________________________________________________________________________________________________

 

Em Portugal, esta data será marcada no dia 28 de Fevereiro com a Conferência Internacional dedicada ao tema dos “Desafios Atuais do Comércio Global”, que irá contar com a presença de John Denton, Secretário-Geral da ICC, para abrir esta iniciativa com foco no mote da ICC para os seus 100 anos ”Making business work for everybdy, everywhere, every day”, entre outros oradores de renome a nível nacional e internacional. Consulte aqui a brochura do evento e fique a par da visão dos profissionais na área sobre o futuro do comércio internacional!


A ICC irá ainda promover uma angariação de fundos durante o ano sob o tema “The next century of global business”, que permitirá investir na criação e expansão de projetos orientados para os resultados e áreas de negócios, bem como apostar nas suas operações enquanto organização de empresas.

Junte-se a nós nesta celebração do Centenário da Câmara de Comércio Internacional e descubra as razões porque milhões de empresas confiam no nosso trabalho para facilitar os seus negócios internacionais!

 

Descarregue aqui o press release.

Os nossos Membros