A Organização Mundial de Empresas

A ICC e a OMS unem forças para mobilizar ações empresariais para conter a disseminação do Coronavírus

images/icc-who-covid19.png

A ICC e a OMS anunciaram um apelo sem precedentes para mobilizar a ação das empresas na luta contra o Covid-19.

Numa declaração conjunta, a ICC e a OMS anunciaram um acordo para mobilizar a rede global da ICC, com mais de 45 milhões de empresas, incentivando que empresas em todo o mundo desempenhem um papel ativo na prevenção da propagação do surto de Coronavírus.

A colaboração entre a ICC e a OMS facilitará o fluxo de informações, divulgando os mais recentes e confiáveis updates sobre o surto de COVID-19 para as empresas.

"Ações precoces, ousadas e eficazes reduzirão os riscos a curto prazo para os funcionários e os custos a longo prazo para as empresas e para a economia", afirma o comunicado. “Como prioridade imediata, as empresas devem desenvolver, atualizar, preparar ou implementar planos de continuidade das suas atividades.”

Embora reconheça o papel essencial que o setor privado possa desempenhar para minimizar a probabilidade de transmissão, a declaração conjunta da ICC-OMS apela igualmente aos governos nacionais que adotem uma abordagem inclusiva na resposta à pandemia do COVID-19 e destaca a urgência de que os Chefes de Estado e de Governo façam da prevenção da propagação do vírus uma prioridade.

Para além desta declaração, a ICC também apelou aos líderes do G20 para chegarem a um acordo urgente sobre um plano de ação global e abrangente para lidar com a pandemia e restaurar a confiança e a estabilidade da economia global.

A ICC e a OMS pedem aos governos que disponibilizem todos os recursos necessários para combater o COVID-19 com o mínimo de atraso e garantam que as cadeias de suprimentos médicos transfronteiriças funcionem de forma eficaz.

O Secretário-geral da ICC John WH Denton AO referiu: “A ICC conta com mais de 1 bilhão de trabalhadores nos países desenvolvidos e em desenvolvimento. Temos a responsabilidade de fornecer uma resposta empresarial eficaz que proteja as pessoas dos riscos do Covid-19 e do impacto negativo nas empresas das quais dependem os seus meios de subsistência.”

Consulte aqui a notícia completa.

Os nossos Membros