A Organização Mundial de Empresas

A ICC emite carta aberta aos ministros do G20 responsáveis pela economia digital

images/icc-g20-digital-economy.png

Antes da reunião dos Ministros da Economia Digital do G20, a Câmara de Comércio Internacional (ICC) apelou aos líderes do G20 para adotarem políticas que permitam a implementação de tecnologias digitais para enfrentar as consequências da COVID-19.

Em carta aberta aos ministros do G20 responsáveis pela economia digital, a ICC propôs um conjunto de intervenções políticas destinadas a acelerar e fortalecer a resposta coletiva mundial à pandemia de COVID-19, incluindo prioridades imediatas e a longo prazo para os decisores políticos.

"A pandemia de COVID-19 é uma crise económica e de saúde sem precedentes, que afeta a vida e os meios de subsistência dos trabalhadores, bem como as operações das empresas em todo o mundo", afirmou John Denton.

"À medida em que a comunidade internacional continua a responder à pandemia, é essencial ter as configurações políticas certas para permitir que as tecnologias digitais possam enfrentar a crise e construir uma economia global mais resiliente."

As cinco intervenções políticas descritas na carta são:

1. Elaborar estratégias a longo prazo para colmatar a lacuna digital.
2. Desenvolver uma estrutura global concreta sobre segurança cibernética.
3. Desenvolver o livre fluxo de dados com confiança.
4. Habilitar a inteligência artificial responsável e confiável, centrada no homem.
5. Manter a dinâmica da Declaração Conjunta sobre a Iniciativa de Comércio Eletrónico.

Para além disso, a carta apela ao G20 que trabalhe em estreita parceria com empresas e sociedade civil para abordar lacunas digitais e desafios políticos que a pandemia de COVID-19 revelou.

"Somente assim seremos capazes de desbloquear o potencial das tecnologias digitais à medida em que procuramos reconstruir a economia global", conclui a carta.

Leia o texto completo da carta aberta.

 

Os nossos Membros