A Organização Mundial de Empresas

A ICC junta-se ao Secretário Geral das Nações Unidas para lançar o Guia para Cooperação Digital

images/guterres.png

A ICC junta-se ao Secretário-Geral das Nações Unidas (ONU), António Guterres, para lançar o Guia para a Cooperação Digital.

O Secretário Geral da ONU, António Guterres, emitiu o Guia para a Cooperação Digital, em resposta às recomendações fornecidas pelo Painel de Alto Nível sobre Cooperação Digital. O Guia apela à comunidade global para abordar questões como conectividade digital, inclusão digital, direitos humanos, inteligência artificial e confiança e segurança, bem como os modelos e mecanismos de cooperação digital.

Garantir o acesso digital significativo para todos

Durante anos, as empresas têm defendido o potencial das tecnologias digitais para atuar como catalisadores para uma implementação acelerada dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU. Como voz das empresas, a ICC apoia o pedido de António Guterres para a cooperação multissetorial para aproveitar o poder da tecnologia digital para traçar um futuro digital que funcione para todos.

No contexto da COVID-19, a adoção de tecnologias digitais tornou-se crítica para permitir a continuidade de atividades essenciais por parte das empresas, governo e sociedade civil. Desde o ensino à distância até a facilitação de assinaturas eletrónicas de contratos, a tecnologia permitiu às empresas e à sociedade soluções em resposta às ruturas mundiais causadas por esta crise. Apesar dessas inovações, a COVID-19 também expôs e exacerbou a lacuna entre aqueles com acesso adequado a tecnologias digitais e aqueles sem acesso.

Após a apresentação do guia por António Guterres, Ajay Banga, primeiro vice-presidente da ICC e diretor executivo da Mastercard, participou de uma discussão com líderes globais, incluindo chefes de estado e executivos de empresas. Como parte da sua intervenção, Ajay Banga discutiu como a rápida adoção de tecnologias digitais mitigou as graves consequências económicas e humanas da pandemia.

Ajay Banga também abordou as desigualdades subjacentes relacionadas ao acesso digital significativo que se tornaram aparentes devido a COVID-19.

“Nos próximos 2-3 anos, a implantação contínua do 5G, a proliferação da Internet, a expansão da tecnologia de nuvem e a explosão da IA terão um grande impacto sobre a forma como conduzimos os negócios, educamos os mais jovens e protegemos as nossas fronteiras, a nível físico e virtual. Mas não podemos ter uma Internet de tudo sem a inclusão de todos. E não conseguiremos isso a menos que trabalhemos juntos para construir o sistema, promover a sua utilização, oferecer acesso, protegê-lo e apoiar o seu crescimento.”

Implementar o guia do Secretário-Geral da ONU sobre a cooperação digital

A ICC particiou de uma ampla variedade de diálogos com várias partes interessadas para discutir estratégias para implementar o guia.

Os membros da rede global da ICC participaram de uma discussão de alto nível da ONU sobre o guia que ocorreu a 12 de junho. A conversa examinou questões pertinentes relacionadas à cooperação digital, incluindo conexão global, bens públicos digitais, inclusão digital, capacitação digital e direitos humanos digitais. 

Andrew Wilson, Observador Permanente da ICC para as Nações Unidas em Nova York, participou de um debate de alto nível das Nações Unidas a 15 de Junho para discutir o imperativo da cooperação digital e os desafios globais, como a COVID-19. Wilson discutiu sobre os benefícios de um modelo de governança digital inclusivo, ascendente e transparente. A intervenção de Wilson será disponibilizada ao vivo na TV na Web da ONU.

Além disso, a ICC juntou-se à Chatham House e ao Assessor Especial de Cooperação Digital do Secretário-Geral da ONU para co-sediar uma discussão de alto nível sobre questões-chave, como conectividade digital, direitos humanos, confiança e segurança. O evento, intitulado “A visão da ONU para um Futuro Digital”, teve lugar no dia 17 de Junho e teve como recurso Fabrizio Hochschild-Drummond, Conselheiro Especial do Secretário-Geral da ONU, bem como Maria Fernanda Garza, Presidente da ICC México, Membro do Conselho Executivo da ICC e Coordenadora Regional da ICC para as Américas.

 A ICC Portugal também irá sediar no próximo dia 21 de julho o evento de Lançamento do Guia de cibersegurança para empresas em versão portuguesa. Mais detalhes sobre este evento online serão divulgadas brevemente. 

Consulte aqui a notícia completa. 

Os nossos Membros