A Organização Mundial de Empresas

A ICC saúda a decisão do G20 de suspender o pagamento da dívida para os países mais pobres

images/icc-who-covid19.png

A ICC – representante institucional de 45 milhões de empresas – saudou a promessa dos Ministros das Finanças do G20 de suspender o pagamento do serviço da dívida para os países mais pobres que solicitam tolerância.

Em Comunicado, as 20 maiores economias do mundo concordaram numa abordagem coordenada para fornecer alívio imediato da dívida no contexto da crise do COVID-19 – com a participação de todos os credores oficiais bilaterais nesta iniciativa.

Em comentário, o Secretário-geral da ICC John WH Denton AO referiu:

“Parabenizámos os Ministros das Finanças do G20 pela exibição sólida de coordenação. Este é um primeiro passo muito bem-vindo para garantir que os países tenham espaço fiscal para combater o COVID-19. Nenhum governo deve ser colocado numa situação em que tenha que escolher entre atender à dívida soberana ou proteger a vida e os meios de subsistência dos seus cidadãos.”

John Denton também destacou a necessidade de intervenções coordenadas adicionais do G20 para combater os impactos da crise e permitir uma recuperação sustentável a médio prazo:

“O comunicado de hoje é um passo positivo no sentido de garantir uma resposta financeira eficaz à pandemia de coronavírus, mas, sem dúvida, serão necessárias mais ações coordenadas para lidar com as consequências económicas do COVID-19. Também precisamos ver uma liderança clara do G20 na elaboração de um plano abrangente de recuperação global que garanta um crescimento forte, sustentável, equilibrado e inclusivo. Para tal, será preciso abordar diretamente os desafios globais de longa data – da desigualdade às alterações climáticas - se queremos cumprir a promessa dos líderes políticos de recuperar da crise.”

 

Veja aqui a notícia completa. 

Os nossos Membros