A Organização Mundial de Empresas

Como os bancos estão a digitalizar para gerir o COVID-19

images/banks.png

A ICC emitiu um conjunto de medidas de resposta rápida por parte dos bancos para manter o trade finance e o fluxo de comércio diante da pandemia de coronavírus.

As operações comerciais e de trade finance requerem operações administrativas significativas para processar transações baseadas em papel. Com a interrupção do transporte marítimo, do contato social e das viagens, como consequência da pandemia do COVID-19, as instituições financeiras têm vindo a adotar medidas para permitir as transações e a continuidade do comércio.

Ao recolher dados da ICC, da International Trade and Forfaiting Association (ITFA) e da Bankers Association for Finance and Trade (BAFT), o Grupo de Trabalho de Digitalização da ICC publicou um guia prático de referência, que descreve práticas ad hoc que são implementadas por instituições financeiras em resposta à pandemia do COVID-19. As instituições participantes abrangem Ásia, Europa, Américas, Médio Oriente e África. Estes incluem os 10 principais bancos comerciais globais, bem como outros bancos que estão ativamente envolvidos no comércio e em trade finance a nível global.

As práticas ad hoc implementadas pelas instituições financeiras em resposta ao COVID-19 são únicas, pois visam o problema singular de como manter o fluxo de comércio quando as transações baseadas em papel são difíceis ou impossíveis devido à redução das interações físicas. Dado o ambiente em rápida mudança, as práticas estão a ser continuamente aprimoradas. O documento da ICC não estabelece, portanto, as melhores práticas, mas pretende ser um documento de referência prático que inclua informações confiáveis sobre as medidas adotadas para garantir a continuidade do fluxo de comércio e de trade finance quando as transferências em papel se tornam difíceis ou impossíveis. 

O Secretário-geral da ICC, John WH Denton AO, referiu: “Neste momento excecional de crise, os esforços da ICC para acelerar a passagem do analógico para o digital no mundo comercial são cruciais para ajudar a manter o fluxo do comércio e trade finance e salvaguardar vidas e meios de subsistência em todo o mundo. Enquanto um parceiro confiável para as empresas e governos em todos os lugares, a ICC destaca algumas soluções ad hoc adotadas por instituições financeiras, com o objetivo de compreender melhor como estão a adotar soluções digitais diante da pandemia.”

Numa perspetiva para além da crise, o documento sublinha que muitas das soluções digitais de 'resposta rápida' implementadas atualmente serão reexaminadas e provavelmente retiradas após a crise, afirma o documento da ICC: “… Se as lições forem aprendidas, essa experiência mudará positivamente a forma como as operações bancárias e o comércio são originados, transacionados e liquidados. A experiência da rápida digitalização não deve ser desperdiçada. As [instituições financeiras] e as empresas precisarão (re)projetar os processos de negócios após o COVID-19. E acreditamos firmemente que os governos serão facilitadores neste sentido.”

Leia como os bancos estão a digitalizar para gerir o COVID-19.

Veja aqui a notícia completa. 

Os nossos Membros