A Organização Mundial de Empresas

Como pode a tecnologia blockchain otimizar as regras Incoterms®2020?

images/blockchain_optimize_incoterms.jpg

Dorjee Sun, CEO e cofundador da Perlin, discute os benefícios da tecnologia blockchain para as regras Incoterms®2020 e o futuro do comércio, com a ICC.

Na última década, a tecnologia digital e as mudanças climáticas moldaram o comércio internacional. Poucos líderes empresariais podem dizer que estiveram na vanguarda de ambos os movimentos.

Dorjee Sun, CEO e cofundadora da Perlin, pode.

Desde a construção de sua própria empresa de software como estudante universitário, até a formação de uma empresa de comércio de carbono para a conservação de florestas tropicais - Sun tem sido uma força motriz por trás da digitalização do comércio e da luta contra as mudanças climáticas. Agora, ele está voltando sua atenção para otimizar as regras do Incoterms® por meio da tecnologia blockchain.

Oiça a conversa da ICC com Dorjee Sun sobre o futuro das regras Incoterms®.

Empreendedor e Ambientalista

A carreira de Sun como empreendedor começou enquanto ele ainda era estudante na Universidade de New South Wales (UNSW) na Austrália. Enquanto estava na UNSW, ele fundou sua primeira empresa de software com foco específico em recrutamento. Desde então, Sun fundou mais de vinte empresas em uma ampla variedade de setores, incluindo recrutamento, educação, tecnologia e ambiente.

Sun decidiu juntar-se à luta contra as alterações climáticas há 12 anos, criando a sua própria empresa de comércio de carbono, conhecida por Carbon Conversation. Como parte desse projeto, Sun angariou fundos para conservar as florestas tropicais em todo o mundo, vendendo créditos de carbono. “Acabamos angariando uma estrutura de US $ 400 milhões para proteger as florestas tropicais em todo o mundo”, explicou. "Fizemos alguns dos primeiros acordos de carbono com clientes, como Rio Tinto, Bank of America e Merrill Lynch."

O compromisso de Sun com a proteção ambiental atraiu a atenção da Time Magazine, que o nomeou Herói do Meio Ambiente em 2009. Sun também apareceu em The Burning Season, um documentário de 2008 que analisa a queima de florestas tropicais na Indonésia.

Apesar do sucesso da Carbon Conversation, Sun viu-se frustrado perante a relutância dos governos em adaptar a sua legislação à proteção do ambiente. “O que era fascinante na época era quando os governos não conseguiram chegar a um consenso sobre o que aconteceria depois de Kyoto - foi então que eu comecei a olhar para outros instrumentos não-governamentais: coisas como Bitcoin, blockchain e (e outros) mecanismos de consenso descentralizados”, disse Sun.

"Portanto, foi a partir de iniciativas muito centralizadas, como créditos de carbono e acordos intergovernamentais sobre alterações climáticas, que fui conduzido até ao blockchain".

Oiça o Bob Ronai analisar a prática problemática da definição de preços nas regras Incoterms®, tais como os preços em FOB, CFR, CPT.

Lançamento de Perlin

Em 2018, Sun fundou a Perlin, uma empresa de tecnologia de blockchain baseada em Singapurae, para capacitar empresas e comunidades de empresários em todo o mundo.

“A Perlin espera tornar-se o que acredito ser um requisito para o regime futuro. Se pensarmos em qualquer tipo de governança, precisamos de ter algum tipo de controlo,” explicou."O poder das cadeias de blockchain está no facto de utilizarem a matemática e a tecnologia, permitindo que a humanidade chegue a um consenso a respeito de um determinado dado, sem que uma autoridade central o exija."

A tecnologia blockchain da Perlin, conhecida como Wavelet, permite que as empresas possam fazer o rastreio dos dados diretamente na plataforma pública. Ao tornar esses dados públicos, o Sr. Sun acredita que as empresas podem otimizar suas operações e cadeias de suprimentos.

“Somos capazes de transcrever essas informações num blockchain - e por ser público - as pessoas sabem que nunca foram adulteradas ou que não é o banco de dados privado de uma empresa que pode ter interesse em não ter necessariamente uma fonte imutável de verdade."

Em abril de 2019, a Perlin e a Câmara de Comércio Internacional (ICC) assinaram um acordo para disponibilizar o blockchain da Perlin aos 45 milhões de membros da ICC em mais de 100 países gratuitamente. Como parte do acordo, a ICC e a Perlin também anunciaram a criação do Center for Future Trade em Singapura, que serve como um hub inovador para as iniciativas de blockchain e tecnologia digital.

There are all these different emerging areas [in digital technology], and we see Singapore as a very strategic hub to look at this because a lot of the digital adoption is tremendously strong in Asia – we have a very advanced regional community,” said Mr Sun.

“Existem uma série de diferentes áreas emergentes [na tecnologia digital], e vemos Singapura como um centro muito estratégico para análise uma vez que grande parte da adoção do digital é muito forte na Ásia - temos uma comunidade regional muito avançada”, Sr. Sun.

Find out what happened to Incoterms 2015, Incoterms 2016, Incoterms, 2017, Incoterms 2018, and Incoterms 2019.

Blockchain e as regras Incoterms® 2020

No que diz respeito aos Incoterms® 2020, Sun acredita que a tecnologia blockchain pode ajudar a otimizar a distribuição das regras Incoterms®. Em particular, Sun vê a tecnologia blockchain como uma maneira de reduzir a dependência das regras do Incoterms® no papel: "Dada a tecnologia de sensores da blockchain [através do uso] de sensores e drones, certamente há uma maneira de começar a reduzir a carga de papel", disse ele.

A tecnologia Blockchain também tem a capacidade de reduzir erros ou interpretações erróneas das regras Incoterms®. "Na verdade, vi documentação interna de algumas das grandes empresas comerciais que mostram literalmente dezenas de milhares de e-mails sendo negociados apenas para coordenar", disse Sun. "Se pudéssemos digitalizar, poderíamos melhorar esse processo e torná-lo mais eficiente."

No futuro, o Sr. Sun vê as regras do Incoterms® como contratos de execução automática. Esses contratos, conhecidos como "contratos inteligentes", executariam perfeitamente a regra Incoterms® correta para as partes envolvidas no comércio entre si, de acordo com o Sr. Sun.

Os Incoterms 2020® o ser lançados no início de Setembro de 2019.

Saiba mais sobre a Aplicação para telemóvel sobre os Incoterms® 2020  e as sessões de Formação sobre Incoterms® 2020.

Por meio do registo de blockchain da Perlin, empresas de todas as dimensões, incluindo micro, pequenas e médias empresas (MPME), poderão otimizar suas cadeias de suprimentos e reduzir custos. "Existem todas essas maneiras de automatizar e reduzir custos, o que tornará as coisas muito mais acessíveis", explicou Sun.

Para o Sr. Sun, os benefícios da tecnologia e dos dados do blockchain não se limitam apenas às regras Incoterms®.

“Se imaginarmos um mundo daqui a 10 anos com sensores, nanossatélites, drones, com todas as formas de recolha de dados e com esses dados inseridos no blockchain – e portanto imutáveis – então o futuro só pode ser com dados multidimensionais contínuos, usando IA e algoritmos”, disse Sun.

"Ao aproveitar-se dos dados e da tecnologia digital, o sistema comercial global pode resolver desafios prementes, como as alterações climáticas. A principal missão é pensar em como trazemos alguma forma de verdade e planeamento realista e como usamos o comércio como o ponto de partida para um mundo sustentável.”

Saiba mais sobre a Perlin.

Saiba mais sobre a parceria entre a ICC e a Perlin.

Fique a par das últimas novidades sobre os Incoterms® 2020, incluindo training sessions e a app digital.

Os nossos Membros