A Organização Mundial de Empresas

ICC anuncia novos vice-presidentes para impulsionar a sua agenda global de sustentabilidade

images/agenda_global_de_sustentabilidade.png

 A ICC anunciou quatro nomeações para liderar o trabalho da sua Comissão Global do Ambiente e Energia, um fórum global para a comunidade empresarial, com vista a moldar as discussões políticas sobre a agenda relativa à sustentabilidade internacional, incluindo as alterações climáticas e a economia verde.

Sob uma reformulação estratégica da governação, os novos vice-presidentes do Walmart, Engie Nature e Twenty Essex juntaram-se à liderança da Comissão Global do Ambiente e Energia da ICC.

As quatro nomeações trarão uma experiência significativa e vozes de liderança à direção da Comissão, incluindo conhecimentos especializados sobre alterações climáticas, biodiversidade, energia, finanças sustentáveis, cadeias de fornecimento globais e arbitragem internacional.

Os novos membros – nomeados a 1 de Abril pelo Secretário-Geral da ICC, John W.H. Denton – são:

     Tom Smith, Diretor, Assuntos Governamentais Globais, Walmart
     Julia Maris, Vice-Presidente, Responsabilidade Social das Empresas, Engie
     Keyvan Macedo, Diretor de Sustentabilidade, Natura & Co
     Wendy J Miles QC, Advogada, Twenty Essex

 O Diretor de Política Global da ICC, Andrew Wilson, afirmou: “Estamos muito satisfeitos por reforçar grupo de direção da importante Comissão da ICC para o nosso envolvimento em questões de sustentabilidade global. Estamos ansiosos por trabalhar com a nova equipa da direção e é uma honra eles terem concordado em assumir estas novas funções.”

Os novos membros da Comissão irão trabalhar com o Presidente da Comissão e com a equipa para o Ambiente e Energia da Sede Global da ICC, de modo a fornecer uma orientação estratégica à agenda internacional de sustentabilidade da ICC. O seu trabalho irá impulsionar o envolvimento empresarial no desenvolvimento de quadros políticos coerentes, soluções e ferramentas que permitam uma maior ambição e ação - de acordo com os objetivos do Acordo de Paris, a Convenção das Nações Unidas (ONU) sobre Diversidade Biológica e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU - e facilitem uma transição justa e inclusiva para uma economia sustentável.

A diversidade de competências, representação geográfica e indústrias, será fundamental para o enriquecimento da qualidade da campanha da ICC para tornar a ação climática um negócio de todos e para assegurar que o comércio funcione para as pessoas e para o planeta.

A Comissão procurará nomear Vice-Presidentes adicionais das regiões de África, Médio Oriente e Ásia nos próximos meses, de forma a assegurar uma ampla representação geográfica na equipa da direção.

 

Os nossos Membros