A Organização Mundial de Empresas

O Global Supply Chain Finance Forum contribui de forma clara e decisiva para a clarificação do Supply Chain Finance

images/icc-supply-chain-finance.jpg

Num anúncio conjunto da ICC, BAFT, EBA, FCI e ITFA, e depois do lançamento em 2016 do Standard Definitions for Techniques of Supply Chain Finance, o Global Supply Chain Finance Forum deu um outro grande passo para a compreensão do Supply Chain Finance.

Este consórcio do setor da indústria pretende alavancar a sua “marca” coletiva para apoiar as instituições financeiras, empresas de contabilidade, agências de rating e reguladores para que trabalhem com transparência e consistência nos vários termos e técnicas que utilizam. O Fórum permanece constantemente alerta e reagirá aos maiores desenvolvimentos do mercado em todas as matérias relevantes de Supply Chain Finance.

Sublinhe-se ainda que o Fórum está agora revigorado cm a recente eleição para o cargo de Presidente de Christian Hausherr, European Product Head of Supply Chain Finance do Deutsche Bank. Enquanto especialista mundialmente reconhecido neste campo,  ator deciviso no processo de redação do documento de definições e do Wolfsberg/ ICC/ BAFT Trade Finance Principles, e enquanto um dos principais impulsionadores nos esforços de incluir o Supply Chain Finance dentro do âmbito do ICC Trade Register, o novo Presidente do Fórum foi eleito pela sua ampla capacidade de liderar o Fórum rumo à realização dos seus princípios e à implementação do seu plano de ação.

Apesar de o Supply Chain Finance ser um dos produtos de comércio em maior crescimento atualmente,  a evolução para a redação de regras está ainda num estado prematuro. Embora possamos testemunhar um aumento da adoção da sua terminologia, as instituições financeiras não estão ainda em total concordância quando falam sobre este tema. Desenvolvimentos recentes no tratamento contabilístico de novas técnicas permitiram também sublinhar a necessidade de existir um compromisso e alinhamento com os stakeholders de outras indústrias.

A prioridade no plano de ação será assim criar orientações adicionais para as técnicas individuais, começando pela Receivables Discounting and Payables Finance, bem como envolver empresas de contabilidade e agências de rating na clarificação do tratamento contabilístico feito. Outras áreas de trabalho, como a produção de estatísticas fiáveis sobre Supply Chain Finance e o desenvolvimento de estudos sobre a evolução deste mercado, têm sido também consideradas.

A ICC dá a oportunidade a especialistas qualificados de contribuírem para a implementação deste plano de trabalho, através deste link. Os candidatos serão posteriormente contactados para fornecer informação necessária para o processo.

Poderá ainda encontrar mais informação no site da ICC WBO.

 

Descarregue o press release aqui.

Os nossos Membros