A Organização Mundial de Empresas

O presidente da ICC, Paul Polman, pede um novo guia global para financiar a reconstrução da COVID-19

images/ICC-union-nation.jpg

O presidente da ICC, Paul Polman, participou num evento de alto nível das Nações Unidas sobre o financiamento para o desenvolvimento, destacando o imperativo comercial de garantir o acesso universal aos suprimentos da COVID-19 e intervenções fiscais contínuas para proteger vidas e meios de subsistência.

Convocado pelo Secretário-Geral da ONU, António Guterres, pelo Primeiro Ministro do Canadá, Justin Trudeau, e pelo Primeiro Ministro da Jamaica, Andrew Holness, o evento virtual de alto nível sobre o financiamento para o desenvolvimento na era da COVID-19 e além, procurou avançar soluções concretas para o desenvolvimento das emergências causadas pela pandemia de COVID-19.

Em nome de 45 milhões de empresas, enquanto Presidente da Câmara de Comércio Internacional, Paul Polman anunciou a colaboração da ICC com a Global Citizen, pedindo cooperação internacional voltada para o futuro para garantir o acesso universal aos diagnósticos, tratamentos e vacinas da COVID-19 por meio do Objetivo Global da Campanha: Unite for Our Future:

“Esta não é apenas uma questão moral. Há também um argumento comercial de ferro fundido para que a equidade seja fundamental para responder à resposta de saúde pública ao COVID-19.”

“Uma recuperação económica sustentável só será possível se o vírus estiver contido globalmente. Simplificando: um país livre do vírus não estará imune aos impactos económicos dos surtos em outras partes do mundo”, afirmou Polman.

Sublinhando o papel essencial da política comercial na facilitação do acesso equitativo, Polman referiu: "É urgentemente necessária a liderança do G20 - e, mais amplamente, dos membros da OMC - para estabelecer um guia convincente para garantir que o acesso a uma futura vacina não seja artificialmente limitado por restrições comerciais, à medida em que os governos lutam para garantir o fornecimento".

A ICC estima que em 2021 serão necessários US $ 5 triliões em capacidade de financiamento comercial para restaurar o comércio global à sua tendência anterior ao COVID-19, disse Polman: "A escala da interrupção significa que novas intervenções fiscais serão inevitavelmente necessárias para permitir que as PMEs enfrentem a crise e - esperamos - recuperem melhor".

Polman também pediu um novo guia global na sequência da COVID-19 para fornecer alívio sistemático e abrangente da dívida: “Os líderes do G7 agora podem considerar-se “informados” de que esperamos que eles assumam compromissos financeiros ousados para garantir o acesso universal a testes, tratamentos e vacinas na sua cimeira no próximo mês”, referiu.

"O setor privado global está de acordo com a ONU e com todos os governos na resposta à crise", concluiu.

A ICC é a única organização do setor privado com status de observador na Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU) e apoia orgulhosamente as missões e objetivos da ONU como a voz das empresas globais em várias agências especializadas da ONU.

Leia a intervenção completa aqui.

Leia aqui a notícia completa. 

Os nossos Membros